Quando um quadrinho muda uma lei

Leitores de quadrinhos sabem que, para motivar a vida de um protagonista, um personagem pode morrer. Isso quando não morre para aumentar as vendas de uma revista, fazendo com que os leitores torçam para que seja algo apenas temporário.

Há, porém, o caso de um personagem de quadrinhos que quase morreu… e mudou uma lei de trânsito.

Isso aconteceu em Porto Rico.

Pepito, o protagonista de uma tirinha diária de jornal, é um garoto de oito anos que estava indo ao correio entregar uma carta. Nela, ele pedia ao governo que fizesse leis mais rígidas para quem fosse apanhado digitando no celular e dirigindo ao mesmo tempo. No dia 23 de setembro de 2015, Pepito foi atropelado por um motorista digitando ao celular. Hospitalizado, o garoto ficou em coma.

Tratava-se de uma campanha do jornal  Primera Hora, criada pela agência McCann, pegando carona na popularidade do personagem.

Houve comoção em todo o país. Fãs do garotinho enviram milhares de  e-mails aos legisladores de Porto Rico. Exigiam uma nova lei, que obrigasse as empresas de telefonia móvel a investir 10% do orçamento anual de publicidade em anúncios ou em esforços para ensinar as pessoas sobre o perigo de digitar no celular no trânsito.

O tempo foi passando. As tirinhas mostravam o garotinho hospitalizado, seus amigos na escola, tristes com a carteira vazia, o médico conversando com o pai.

O debate sobre o tema tomou conta de Porto Rico. O presidente da Câmara dos Deputados enviou uma carta aos autores da tira, desejando a rápida recuperação de Pepito.

Por fim, o governo acabou aprovando um aumento do valor da multa para a infração: de US$ 50 para US$ 250.

Fontes: Exame Abril

Gostou? Comente !

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s